Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta Velha - Writer

30
Dez15

Maratona de leitura 2015 :) Meta atingida e superada!

Marta Velha

E este ano resumiu-se assim em leituras

 

 

-Nada é por acaso -  Zibia Gasparetto

- Atração sem limites - Nora Roberts

- Longe de tudo - Nora Roberts

- O casamento de Amanda - Jenny Colgan

- Um amor para sempre - Nora Roberts

- Vozes do Passado - Nora Roberts

- O Alquimista - Paulo Coelho

- Escandalos Privados - Nora Roberts

- Memória das minhas putas tristes - Gabriel Garcia Marquez

- Corações em silêncio - Nicholas Sparks

 - Introdução Escrita Criativa - João de Mancelos

- Estórias abensonhadas - Mia Couto

- Começar de novo - Nora Roberts

- 50 sombras de Grey - E.L.James

- Aviso de tempestade - Nora Roberts

- Não te mexas - Margaret Mazzantini

- Romance com o duque - Tessa Dare

- Amor de perdição - Camilo Castelo Branco

- A mulher de Sullivan - Nora Roberts

- Percursos de Insanidade - Lúcia José Gomes (Uma escritora que tive o prazer de conhecer pessoalmente )

- Chocolate - Joanne Harris

- O Azul da Baía - Nora Roberts

- Vidas trocadas - Sandra Brown

- Marés Altas - Nora Roberts

- Onde os anjos caem - Nora Roberts

- Entre tu e eu - Nora Roberts

- Louca por compras - Sophie Kinsella

- Um dia perfeito - Nora Roberts

- Os céus de Montana - Nora Roberts

- Um mar de rosas - Nora Roberts

- Momentos Mágicos - Nora Roberts

- Beijo - Jill Mansell

- Magia do vento - Christine Feehn

- Lago encantado - Sarah Addison Allen

- Nunca me esqueças - Lesley Pearse

- Mais que sedução - Cheryl Holt

- O crime do padre Amaro - Eça Queiroz

- O preço da felicidade - Danielle Steel

- Um sonho de amor - Nora Roberts

- Entre o céu e a terra - Nora Roberts

- Por amor - Nora Roberts

- O triunfo do amor - Nora Roberts

- Quero-te muito - Federico Moccia

- Uma vida juntos - Nora Roberts

- Naquele tempo - Nora Roberts

 

Boas leituras e excelente 2016 :)

 

29
Dez15

Restava... mini conto! :)

Marta Velha

     Restava explicar tudo outra vez. Há quanto tempo estavam assim? Dois anos? Sim, talvez! Mas que importava isso quando para trás estavam mais de sessenta?

     Maria tinha alzheimer há mais ou menos dois anos. Mas lá no fundo José sabia que ela ainda o amava. Às vezes perguntava quem ele era. E ele respondia sempre a mesma coisa: aquele a quem roubaste o coração! Depois Maria sorria e voltava a ficar num mutismo que o assustava. José acreditava que durante aquele mutismo ela pensava nas longas horas de amor, nos passeios de mão dada, nos beijos dados ao luar, nas juras eternas de amor. Se a amava? Sim ainda a amava.

     José cuidava dela como quem cuida de uma jóia preciosa. E aquela situação doía-lhe muito. Havia dias em que Maria estava tão bem que ele achava que o médico se tinha enganado, outros… Bem, noutros dias ela nem sabia o que era um garfo. E a José restava explicar com todo o seu carinho o que era e para que servia. Às vezes viam fotos juntos, fotos de muitos momentos vividos juntos, fotos dos filhos, fotos dos netos. Maria recusava-se a responder às perguntas de José. Mas ele não se importava. Sabia que no dia seguinte ela iria estar melhor e responderia com amor que eram os dois em lua-de-mel. Que eram os filhos na escola. Que eram os anos dos netos. Que era a vida deles ali naqueles pedaços de papel coloridos. Por isso José esperava….

     E esperava, afinal o resto da vida era tudo o que lhe restava.

22
Dez15

Sentença...Mini conto! :)

Marta Velha

     Olhou para o que tinha escrito, para as alegações finais. Aquela sentença salvaria a sua vida! Era a última oportunidade que tinha. Se os condenasse iria encontrá-la.

     Sentou-se quando toda a sala se levantou. Olhou para muitos rostos que ali estavam. Margarida e Afonso estavam em lados opostos. Margarida parecia entediada com tudo! Tinha feito acusações sem nexo! Mas quando olhou para Afonso… Aquele brilho.

     “-O estranho caso da Margarida e do Afonso é decidido hoje, não haverá direito a recurso! Primeiro quero recordar os factos. Ficou provado neste tribunal que ambos se amam. As palavras bonitas que Afonso sempre lhe disse. Aquele olhar de cachorro abandonado. O sorriso. Os suspiros. Margarida também o ama! Ainda há pouco olhou para ele de uma maneira muito ternurenta! E por isso, por estar a tentar evitar um amor fica a nossa ré condenada a amar Afonso eternamente! Ficam condenados a olhar apaixonados eternamente, a adormecer de mãos dadas, a ver a lua cheia e a dizer palavras bonitas! ”

     Margarida levantou-se da cadeira e ia protestar mas quando olhou para Afonso e viu de novo aquele olhar, sentou-se.

     “-O amor é bom. Faz sofrer! Claro que faz! Ama-se. Margarida fica condenada a amar. Eternamente. E um dia vai olhar para trás, para o seu passado e vai agradecer esta sentença! Porque vai ser feliz! Feliz por amar e ser amada!” – Levantou-se e encerrou a sessão.

     Quando a sala ficou vazia, olhou para todas aquelas cadeiras. Se um dia também ele tivesse sido condenado a amar! Sabia que aqueles dois se iam amar além dos tempos, almas gémeas.

     Ele mesmo já tinha vivido muitas vidas e ainda não a encontrara. Por amor ela morreu. E ele foi condenado! E agora condenara! E esperava que eles fossem felizes a amor.

21
Dez15

Problemas? Ou atitudes? :)

Marta Velha

 

 

 

Porque às vezes dramatizamos! E nem sempre o 'problema' é a pior parte!

 

problema.jpg

 

16
Dez15

Obras literárias de 1911 a 1999 :)

Marta Velha

Em que ano nasceram? E que obras foram publicadas nesses ano?

 

Vejam aqui

 

http://homoliteratus.com/quais-foram-os-grandes-livros-publicados-na-data-de-seu-nascimento/

16
Dez15

Porque cada dia é um bico de obra! :) Boooom diaaaaaa :)

Marta Velha

 

14
Dez15

Quando abrires os olhos verás... Mini conto! :)

Marta Velha

Margarida caminhava pela rua calmamente. Olhava as montras, precisava de dois presentes. Um para Francisco, outro para Filipe. Pai e filho faziam anos no mesmo dia.  

     Tinham sofrido para serem pais! Dez anos de desespero, mas finalmente chegou a notícia, estava grávida!

    Ouvia um som distante. “-O meu telemóvel.” – Procurou-o na mala e ficou admirada ao ver um papel. Abriu-o e leu uma mensagem que a deixou pensativa. ‘Quando abrires os olhos verás’

     “-Que estranho!” – Deitou fora o papel. Atendeu o telemóvel e perdeu-se na conversa.

 

     A casa estava cheia de alegria. Crianças corriam felizes pelo jardim. Francisco conversava com alguns convidados. Margarida apanhou um papel do chão e ficou paralisada com o que leu.

‘Quando abrires os olhos verás. Filipe é parecido com quem?’

     Nunca achou Filipe parecido com o pai! Guardou o papel no bolso, falaria com Francisco mais tarde.

 

     Sentada no sofá bebericava vinho tinto. Francisco beijou-a no rosto.

     “-Que dia!”

    Margarida olhou-o. “-O menino estava tão feliz!” – Sorriu. “-Com quem o achas parecido!”

     “-Com a mãe!”

     “-Comigo? Não acho!” – Tirou o papel do bolso. “-Encontrei isto…”

     “-Onde?”

     Margarida ficou perturbada. “-Queres explicar-te?”

     Francisco olhou-a. Apenas duas pessoas sabiam a verdade. Ele e Sofia.

     “-Margarida…” – Sentou-se. “-Menti-te…”

     “-Mentiste?”

     “-O Filipe é parecido com quem?”

     “-Disseste que era parecido comigo!”

     “-Repete as minhas palavras!”

     “-Disseste que…Que era parecido com a mãe…”

     “-Abre os olhos e verás…Desculpa… Desculpa meu amor…”

     Margarida limpou as lágrimas. Não estava a perceber.

     “-O teu parto correu mal. O bebé…”

   “-Não!” – Gritou.

     Tinha que contar tudo. “-Tive um caso com a Sofia, engravidei-a. Depois tu engravidaste. Ela não queria o bebé. Os partos aconteceram no mesmo dia… O nosso bebé morreu… Ela aceitou trocar os bebés…”

     Margarida achou que estava a viver um pesadelo! “-Vai embora, nunca mais me apareças! O Filipe é meu!”

10
Dez15

Página de facebook! :)

Marta Velha

Já conhecem a minha página de facebook? Aproveitem, há um passatempo a decorrer!

 

 

https://www.facebook.com/autora.martavelha

10
Dez15

O que ando a ler? :)

Marta Velha

E porque a maratona de leitura ainda dura até dia 31 deste mês!

 

Ando a ler este livro!

 

quero.jpg

 

01
Dez15

Olá Dezembro!! :)

Marta Velha

 

 

 

     E começa hoje um mês em que muitos de nós fazemos 'contas' à vida! Analisamos o que fizemos de melhor e de pior! Apontamos novas metas para o ano que irá começar daqui a nada. Prometemos mundos e fundos a nós mesmos para o novo ano que vai começar!

     E estas promessas são:

     1- Fazer mais exercicio!

     2- Comer menos doces!

     3- Começar aquela dieta que a melhor amiga do primo da colega que trabalha ao nosso lado também fez e que até lhe correu bem!

     4- Passar mais tempo em família!

     5- Juntar dinheiro para aquela viagem que há anos queremos fazer!

     6- Pintar a parede da sala de uma cor que assuste a nossa sogra!

     7- Ler mais!

     8- Gastar menos dinheiro em coisas que nunca vamos usar (como aquela faca eletrica de cortar pão que se comprou e nunca se usou!) 

     9- Berrar menos quando o marido ou o filho deixam tudo espalhado pelo chão!

     10- Fazer algo esquisito, que deixe todos a pensar que perdemos o juizo de vez!

 

     Esta lista não é de todo a minha lista!  Aposto que quem está a ler este post se identificou pelo menos em 2 a 3 pontos diferentes!

 

     O que interessa é fazermos algo que nos deixe felizes! Porque por mais listas que se façam nunca as vamos cumprir na sua integra!

 

Um bom Dezembro para todos

 

 

dezembro.jpg

 

 

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D