Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Marta Velha - Writer

Marta Velha - Writer

E tudo o mar levou! - Diário de Mafalda 22 de Março de 1892

19.03.24, Marta Velha

Livro 'E tudo o mar levou'

22 de março de 1892
Não sei que faça. A dor é imensa. Os corpos foram enterrados, pelo menos os
corpos de quem apareceu. Há os que se perderam para sempre no mar. Na igreja
da Lapa chorou‑se por quem partiu, por quem nunca irá aparecer. Eu estive lá,
no fundo da igreja. Havia gritos, lágrimas, cheiro a dor. A ti Zirinha segurou a
minha mão. Ela também já perdeu o marido, dois filhos e um neto para o mar.
Ela sabe o que eu estou a passar. Quero que o mar me leve!
Faltou‑me o costume das mulheres, não sei o que se passa, deve ser por causa
de tudo isto que estou a passar. A ti Zirinha diz que devo estar de esperanças.
Um filho de Bilhanos… Um filho nosso… Um filho que se nascer já irá conhecer
a dor de não ter pai. Acho que isto é mais uma razão para o mar me levar, não
sei cuidar de uma criança. Bilhanos já tinha falado nisso, mas e agora? Que
sentido tem? Nenhum…
Mafalda

preço livros marta.jpg