Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Marta Velha - Writer

Marta Velha - Writer

Desafios! :) Ler às 19h

04.01.23, Marta Velha
   Os raios de sol penetravam-me na pele, os dias estavam mais longos e isso notava-se até na alegria que a Natureza transmitia. As flores alegravam os campos. E ali, todas aquelas flores amarelas faziam lembrar pequenos raios de sol que timidamente espreitavam quem passava. E eu atrevi-me a passar por ali outra vez. Tudo porque a Natureza me fazia lembrar-te. Tínhamos passado todo o Verão a correr entre aquelas flores, o nosso primeiro beijo teve como testemunha as pequenas (...)

Desafios! :) Ler às 19h

21.12.22, Marta Velha
  Sonha-me... Quero tanto ser tua! Pode ser agora. Olha-me... Para este olhar que grita por ti! Que te anseia. Sente-me... Que os nossos corpos se unam numa dança nua! Suados e felizes a gritar por mais. Ouve-me... Suspiros silenciosos nas noites de amor não vividas! Sussurros imaginários em noites de luar. Toca-me... Que a tua boca pouse na minha! Que percorra cada recanto do meu corpo. Ama-me... Que as tuas mãos dancem pelo meu corpo! Que me aqueçam com carícias, tal fogo devorador. Olha- (...)

Foto 11 de 12!! A minha melhor foto de Novembro! :)

02.12.22, Marta Velha
Novembro! O tempo passa a correr e cá estou eu a apresentar a minha melhor foto de Novembro! E esta foi tirada num parque de merendas em Taboeira. Na altura a ria estava imundada deste jacintos de água!  Sei que é uma espécie invasora e que pode ser prejudicial, mas fora disso deixa uma paisagem pra lá de maravilhosa!  Deixo aqui mais informaçãoes htt (...)

Desafios! :) Ler às 19h

29.11.22, Marta Velha
Para sempre. Aqui estou. Amo-te! E sei que também me amas! Podes não ser um homem de muitas palavras, mas estas que disseste, num dos piores momentos da minha vida, disseram tudo! Naquele momento chorei, lágrimas de alegria! Lágrimas que tu lentamente beijaste, a cada lágrima minha um sorriso teu! Lento, radioso, tal como só tu sabes dar! Abraçaste-me e repetiste ‘Para sempre. Aqui estou.’E eu tive a certeza que por muito mau que fosse o momento, tu irias fazer de tudo para o (...)

Desafios 13! Para recordar :)

30.01.22, Marta Velha
Os raios de sol penetravam-me na pele, os dias estavam mais longos e isso notava-se até na alegria que a Natureza transmitia. As flores alegravam os campos. E ali, todas aquelas flores amarelas faziam lembrar pequenos raios de sol que timidamente espreitavam quem passava. E eu atrevi-me a passar por ali outra vez. Tudo porque a Natureza me fazia lembrar-te. Tínhamos passado todo o Verão a correr entre aquelas flores, o nosso primeiro beijo teve como testemunha as pequenas margaridas (...)

Desafios 12! Para recordar :)

29.01.22, Marta Velha
Não te via há tanto tempo. Porque nestas coisas do amor, cada segundo parece um ano. Cada ano parece uma década. O tempo pára e em nós cresce uma ansiedade de estar junto a quem amamos. As palavras simples trocadas por sms não acalmavam todo o desejo que tinha de te ver. As vezes que falávamos ao telefone não acalmavam o desejo que te tinha de te beijar. Até que aconteceu! Ao fim de tanto tempo ia ver-te! Finalmente poderia acalmar toda esta ansiedade. Olhei-te! Sorri-te! Aproxime (...)

Desafios 11! Para recordar :)

28.01.22, Marta Velha
Hoje perguntei-me durante todo o dia qual a palavra que te diria vezes sem conta. Sabes, andei todo o dia nisto! E achava que uma só palavra era muito pouco para definir tudo aquilo que representas para mim. Na minha mente passa tudo o que sinto por ti, passa a estranha maneira como nos conhecemos e até aqueles rápidos encontros ao final do dia. Dou por mim a sorrir, não daqueles sorrisos rápidos que damos a algum conhecido na rua, mas um sorriso rasgado que teima em não desaparecer. Depoi (...)